Communism Achieves Dominance in Canada

In the following video from the retreat in Quebec earlier this month, José Atento of the Brazilian blog Lei Islâmica em Ação interviews Alexandra Belaire, who translates Czech for us and blogs at Xanthippa’s Chamberpot. The Portuguese translation of the English-language portion of the clip is included in the transcript below; José also translated his Portuguese introduction into English.

Many thanks to Vlad Tepes for the recording and subtitling:

Video transcript:

00:01   Hello, readers of the blog LEI ISLÂMICA EM AÇÃO (“Islamic Law in Action”)
00:04   I am José Atento,
00:08   somewhere in a lost location
00:12   in the US-Canada border,
00:15   with the opportunity to interview Alexandra Belaire.
00:19   Alexandra hosts the blog Xanthippa’s Chamberpot,
00:24   which, among other things, monitors human rights abuses
00:28   to impose the narrative, which according to her is something common in Canada.
00:33   She is a native of Czechoslovakia who migrated to Canada, running away from Communism. She will talk
00:38   about her experience, and about how a free society
00:41   can be transformed into an authoritarian one.
00:44   Alexandra, você poderia dizer para os brasileiros
00:47   sobre sua experiência, e como você,
00:51   que fugiu do comunismo, e agora mora no Canadá, vê semelhanças com seu país de origem.
00:57   Bem, eu nasci na Tchecoslováquia e eu
01:02   era filha de um dissidente político que foi rotulado pelo governo comunista
01:07   como “líder potencial do
01:10   povo contra o povo.” Isso mostra
01:14   como as coisas eram complicadas. Quando eu tinha
01:18   13 anos, meus pais e eu escapamos e viemos
01:23   para o Canadá. É difícil descrever
01:29   muitas coisas, mas certamente
01:33   foi muito difícil para mim crescer
01:37   onde todos sabiam que meu pai era um dissidente político e eles iriam
01:42   se mostrar virtuosos me tratando mal. Mesmo os professores me destratavam apenas
01:46   para que ninguém pudesse acusá-los de serem bons com a filha de um
01:50   dissidente político, porque isso seria ruim para eles. Eles faziam isso
01:53   para se protegerem e se mostrarem virtuosos,
01:57   se mostrarem virtuosos me tratando pior
02:03   do que os outros alunos e,
02:07   você sabe, era difícil. Uma vez, um professor, porque sou loira e de olhos azuis,
02:11   uma professora ficou na frente da classe
02:14   (agora isso foi nos anos 70, então não foi muito tempo depois da Segunda
02:18   Guerra Mundial, a maioria dos meus professores viveu através dela) então ela ficou na frente
02:24   e disse: olhem pra ela, ela é loira e de olhos azuis, os alemães, os nazistas,
02:29   eles teriam a mantido porque ela é como um deles, mas o resto de vocês
02:32   seriam enviados para um campo de concentração onde seriam mortos.
02:35   Então, isso fazia parte do meu dia a dia
02:38   quando eu estava crescendo lá.
02:41   É assim que vejo este “desfile de virtude”
02:46   aqui no Canadá agora, é muito parecido.
02:49   Se você não tem a opinião correta
02:53   você será chamado de
02:58   nazista, pior que Hitler, e
03:01   é tudo para se mostrar virtuoso,
03:04   bem como mostrar sua pureza ideológica,
03:08   e isso é tão semelhante ao modo como
03:11   era sob o comunismo na Tchecoslováquia.
03:15   Você vê isso de muitas maneiras diferentes
03:18   onde pessoas, algumas pessoas na verdade,
03:23   acreditam nisso mas a maioria das pessoas não.
03:26   A maioria das pessoas simplesmente segue a narrativa
03:29   para parecer ser tão bom quanto o que
03:36   as partes julgadoras da sociedade consideram bom. Eles não vão dizer nada
03:46   contra a narrativa porque eles têm medo de serem evitados, de seus
03:51   empregos serem afetados, e agora, nesta
03:54   idade da Internet, eles têm medo de terem seus endereços expostos, e seus filhos sendo
04:00   maltratados. Então é muito
04:03   semelhante na atmosfera com
04:07   as pessoas autocensurando o que dizem, ou estão com medo de contar uma piada que
04:13   pode colocá-los em problemas sérios.
04:17   É diferente, pois não é imposto pelo estado mas está se tornando imposto pelo estado
04:23   aqui no Canadá, porque temos tribunais
04:27   extrajudiciais chamados tribunais de direitos humanos.
04:30   Eu acho que eles são chamados tribunais de direitos humanos
04:33   não porque eles defendem os direitos humanos
04:36   mas porque eles atacam os direitos humanos com direitos falsos, tentando
04:41   intimidar as pessoas no que elas
04:45   falam ou serem vistas como fazendo qualquer coisa que
04:49   não seja ideologicamente puro de acordo
04:52   com os pós-modernistas. Eu tenho realmente
04:56   seguido, muitas vezes, várias
04:59   ações judiciais ou processos judiciais
05:04   sendo feitos contra pessoas que defendem a liberdade de expressão
05:08   defendem a liberdade de expressão,
05:11   existindo um grande esforço para
05:15   tentar silenciar estas pessoas e,
05:19   novamente, rotulá-las como nazistas e
05:22   supremacistas brancos, ou o que seja, mesmo que não sejam brancos, na verdade. Eu acho
05:28   ser realmente importante que as pessoas sejam julgadas com base em suas ações e não
05:34   pelo grupo que elas pertencem.
05:38   Desculpe, o meu pensamento está mais
05:41   rapido que minhas palavras.
05:44   Eu acho que a substância de uma pessoa está em
05:47   suas ações e suas conseqüências, e não
05:50   com que grupo se fazendo de vítima eles pertencem.
05:53   Este é realmente um câncer para a
05:58   alma, essa cultura de se fazer de vítima. Então,
06:03   não divida as pessoas por grupos, mas trate cada um como indivíduo, e evite fazer
06:10   os mesmos erros do Canadá. Obrigada.
06:13   “Então, falando sobre algo que possa ser
06:18   diferente do que aconteceu na
06:21   Checoslováquia no seu tempo, e isso
06:24   acontece no Canadá, um grupo estrangeiro que recebe
06:29   um tratamento especial. Vê-se isso
06:33   basicamente em termos da islamização
06:36   acontecendo no Canadá. Como você coloca isso no contexto?
06:40   Como isso seria visto pela sua experiência?” Bem, eu acho …
06:47   Eu não sei todos os meandros de como
06:50   isso aconteceu, mas por causa da
06:53   indústria da vitimização, todas as minorias são
06:56   tratadas um pouco melhor do que pessoas que não são percebidos como minorias.
07:00   Sob o comunismo, isso era feito ao se juntar ao partido político, o partido comunista,
07:06   desde quando você era um jovem pioneiro até quando estávamos na juventude comunista,
07:11   usar o registro do partido que você sabia que você era igual, mais igual que
07:16   os outros. Você poderia se safar muito mais. As leis não eram aplicadas igualmente a
07:22   todo mundo. Então, se houvesse uma pessoa que por exemplo, não era apreciada pelo sistema,
07:29   haveria maneiras de criar
07:33   problemas com coisas que todo mundo fazia todos os dias. E nós
07:36   vemos várias coisas semelhantes sendo feitas
07:39   aqui, onde as ações têm
07:44   consequências não baseadas na ação
07:47   em si, mas nos grupos a que esse indivíduo pertence, e
07:52   os muçulmanos, em particular, são um grupo
07:56   muito protegido. Eles parecem estar no topo da hierarquia de vitimização para que
08:00   eles … até as pessoas LGBT parecem ter menos
08:05   direitos, ou se eu pudesse reformular,
08:09   se houver um conflito entre os direitos
08:12   dos LGBTQ e dos muçulmanos, os muçulmanos
08:16   sempre vencerão independentemente de
08:20   princípios. E é precisamente essa aplicação assimétrica da lei
08:24   que rasga a alma da sociedade
08:28   porque as pessoas veem que são tratadas
08:32   diferente dos outros, e isso é prejudicial, e cria muita
08:36   tensão entre os grupos. Se você não tem liberdade de expressão onde você
08:42   pode falar essas coisas abertamente, e discuti-las, isso só vai ficar escondido e
08:49   sendo represado, e tenho medo de que
08:52   isso possa romper de modo violento. “Alexandra, muito obrigado.”
 

3 thoughts on “Communism Achieves Dominance in Canada

    • Most is in English; the Portuguese parts are subtitled, on my laptop anyway.

      I had to look up Xanthippe; she was Socrates’ wife, so I’m none the wiser>

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.